Quente pra valer – Louco Amor – 3° sábado

29/04/2012   ||   Mensagens  ||  3 comentários
  • O que é uma pessoa com fé morna?
  • É mais fácil ser cristão ou parecer cristão?

No livro Louco Amor, eu li uma frase que me chamou atenção e me fez olhar para a minha vida e ver seriamente se em algum momento me encaixei nesta frase. E sim, a resposta foi sim.

A frase dizia que nos dias de hoje o que teria mais chance de extinguir a luz do evangelho não seria a duvida cientifica, o ateísmo, o agnosticismo, mas sim a prosperidade orgulhosa, do crente egoísta e arrogante que vai a igreja, mas tem o coração vazio.

Será?

Será que tem como irmos a igreja e não sermos tocados e movidos por nada? Sim.

E tem mais, precisamos olhar para nós, sem sermos mentirosos com nós mesmos.

Sem querer fingir e responder, com sinceridade, quantas vezes nós já não viemos a igreja e saímos daqui como a frase acima, com o coração vazio?

Em Apocalipse 3:15-16 diz:

“Conheço as suas obras, sei que você não é frio nem quente. Melhor seria que você fosse frio ou quente! Assim, porque você é morno, não é frio nem quente, estou a ponto de vomitá-lo da minha boca”.

Quando colocamos algo na boca que não tem um gosto bom, o que você faz?

Bom, eu faço muitas caretas, e se for intragável eu me retiro e cuspo fora.

Existem coisas que parecem bonitas, o café, por exemplo, não dá pra distinguir se está quente só olhando pra ele. Às vezes é necessário tocar na jarra pra sentir a temperatura, e somente ter certeza quando colocamos na boca e experimentamos.

Essas palavras descritas em apocalipse a princípio podem causar certo receio.

Dá um medo pensar, que Deus irá vomitar as pessoas mornas. Mas pensamos: “Ah! Somente os mornos, eu não sou morno, sou bem quente…”

Muita calma nessa hora, Francis (autor do livro) alerta: “Não tenha tanta certeza que seu coração é solo fértil”.

Porque solo fértil?

Nesta parábola Jesus faz um paralelo de como é que o nosso coração aceita a palavra de Deus:

Leia Lc 8.5-15

Os diferentes tipos de terra:

1. Beira do caminho: pessoas que ouvem, mas o Diabo vem e tira as palavras do coração para que não creiam e não sejam salvos.

2. Sobre as pedras: Pessoas que recebem a palavra com alegria, não têm raiz; Crêem durante um tempo, mas desistem na hora da provação.

3. Sobre os espinhos: Pessoas que ouvem a palavra, mas ao seguirem o caminho são sufocados pelas preocupações, riquezas e prazeres desta vida. Elas não amadurecem.

4. Boa terra: Pessoas que ouvem com coração bom e generoso, retêm a palavra e dão fruto.

O alerta é este: não tenha tanta certeza de que seu coração é solo fértil.

Acredito que a maioria das pessoas que freqüenta as igrejas faz parte do solo que sufoca a semente por causa de todos os espinhos.

Um espinho é qualquer coisa que desvia nossa atenção de Deus. Quando queremos o Senhor e um monte de outras coisas, isso quer dizer que há espinhos em nosso solo.

Um relacionamento com Deus simplesmente não pode se desenvolver quando o dinheiro, o pecado, as atividades, os times pelos quais torcemos, os vícios ou outros compromissos são colocados no topo da lista.

A maioria das pessoas tem muitas coisas na vida. Como escreveu David Goetz: “muitas das boas coisas da vida acabam sendo tóxicas, provocando uma deformação espiritual em nós”.

Há muitas coisas boas em si, mas, quando estão todas juntas, nos impedem de viver de modo saudável e frutífero para Deus.

Vou repetir: não tenha tanta certeza de que seu coração é solo fértil

  • Será que o seu relacionamento com Deus mudou mesmo sua maneira de viver?
  • Você consegue distinguir evidências do reino de Deus em sua vida?
  • Ou está sufocando esse reino aos poucos, ao desperdiçar muito tempo, energia, dinheiro e pensamentos em coisas deste mundo?

Você já deve ter ouvido a expressão: “Very, very”…que é usada para afirmar que uma pessoa está sendo muito muito crente.

Pois é, incrivelmente na bíblia temos inúmeros personagens que teriam que ser citados com essa expressão.

Mas se a bíblia é o nosso manual e se seguirmos as instruções certamente alcançaremos o alvo então porque existem pessoas “very, very” e pessoas como eu?

Ui….será que quando você chegar no céu você vai ser recepcionado como alguém que foi bonzinho e pronto, ou como alguém que foi radical em suas atitudes e decisões?

Será que um dia Deus vai ouvir de sua boca algo como ele ouviu da boca de Paulo?

 ”Quero conhecer Cristo, o poder da sua ressurreição e a participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte…” (Fp 3:10)?

  • Você se descreveria como uma pessoa totalmente apaixonada por Jesus Cristo?
  • Ou será que as palavras, “descomprometido”, “morno”, e a expressão, “parcialmente comprometido” são mais adequadas para qualificar sua vida espiritual?

A Bíblia nos orienta a examinarmos a nós mesmos; por essa razão nesta noite nós falaremos de exemplos bem práticos levantados pelo autor do livro para que possamos diagnosticar de forma clara e evidente se estamos frios, mornos ou quentes.

Nesta noite nós veremos a descrição de como são as pessoas:

  • Descomprometidas
  • Distraídas
  • Parcialmente comprometidas
  • Mornas

Conforme você ver estes exemplos, minha sugestão é que você olhe sua vida de maneira honesta e verdadeira. Não estou falando do que você deseja ser um dia, mas de quem é agora e como vive atualmente.

Não tenha tanta certeza de que seu coração é solo fértil!

Veja se você tem alguma característica de uma pessoa morna:

1. Pessoas mornas espiritualmente freqüentam a Igreja com regularidade, pois querem demonstrar que é um “bom cristão”

“O Senhor diz: “Esse povo se aproxima de mim com a boca e me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. A adoração que me prestam é feita só de regras ensinadas por homens.” Is 29.13

PERGUNTA: Igreja é apenas um local para abastecer o espiritual para a semana que começa, ou para extravasar toda a satisfação que Deus proporcionou durante a semana?

2. Pessoas mornas espiritualmente entregam algum dinheiro para Igreja, desde que isso não altere em nada seu padrão de vida.

“Mas o rei respondeu a Araúna: “Não! Faço questão de pagar o preço justo. Não oferecerei ao SENHOR, o meu Deus, holocaustos que não me custem nada”, e comprou a eira e os bois por cinqüenta peças{5} de prata.” II Sm 24.24

PERGUNTA: Que nível de compromisso Deus deseja de cada um ao dar o seu dízimo e oferta?

3. Pessoas mornas espiritualmente escolhem o que é popular e confortável e desprezam o que é certo.

“Ai de vocês, quando todos falarem bem de vocês, pois assim os antepassados deles trataram os falsos profetas.” Lc 6.26

PERGUNTA: Como você se sente quando vive em situações que deseja querer agradar gregos e troianos, ou seja, a todos em volta?

4. Pessoas mornas espiritualmente não desejam ser livres dos pecados apenas do castigo que é gerado.

“Que diremos então? Continuaremos pecando para que a graça aumente? De maneira nenhuma! Nós, os que morremos para o pecado, como podemos continuar vivendo nele?” Rm 6. 1-2

PERGUNTA: Como você se sente pós-pecado?

5. Pessoas mornas espiritualmente gostam ouvir histórias radicais por Cristo, mas não gostam de viver a vida radical. Pensam que é para “radicais,” mas não para média das pessoas

“Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.” Tg 1.22

PERGUNTA: O que é vida radical em Jesus para você?

6. Pessoas mornas espiritualmente raramente compartilham sua fé com vizinhos, parentes e colegas de trabalho.

“Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus. Mas aquele que me negar diante dos homens, eu também o negarei diante do meu Pai que está nos céus. Mt 10.32-33

PERGUNTA: Quantas pessoas você ganhou para Jesus e o discipulou nos últimos 12 meses, através do evangelismo pessoal?

7. Pessoas mornas espiritualmente estão sempre medindo o seu grau de moralidade e bondade e servem com limitações, afinal podem ser dedicadas sem serem “radicais”

“O fariseu, em pé, orava no íntimo: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros; nem mesmo como este publicano. Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho’.” Lc 18.11-12

PERGUNTA: Qual ó tamanho de sua disposição em ser bom e servir onde Deus lhe mandar?

8. Pessoas mornas espiritualmente apenas dizem que amam a Jesus, mas não se entregam por inteiro, amam o próximo, mas não como a si mesmo.

“Respondeu Jesus: ” ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Este é o primeiro e maior mandamento.” Mt 22.37-38

PERGUNTA: Com que medida você tem o desejo de amar, servir e ajudar as pessoas a sua volta?

9. Pessoas mornas espiritualmente pensam mais na vida terrena, na sua segurança, do que viver pela fé pensando sempre na vida celestial.

“Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas.” Cl. 3:2

O objetivo de Deus em nossa vida é revelar Jesus. É andar com ele dia-a-dia. Será que experimentamos esse nível de intimidade com ele?

Conclusão

Faça um auto-analise da sua vida.

Reflita se você tem de fato vivido Jesus.

Não pense em seus problemas, nas dificuldades… pense que precisamos de Jesus a cada instante, e por muitas vezes nos esquecemos dele ao longo da nossa jornada. Entramos no “automático”… e as vezes sem a intenção viramos “mornos”.

Deus deseja que vivamos Ele. Deus nos quer por inteiro e não somente a metade. Jesus pede tudo, mas tentamos dar menos que isso.

Ele disse: “O sal é bom, mas se ele perder o sabor, como restaurá-lo? Não serve nem para o solo nem para adubo; é jogado fora.” Lucas 14:34-35

Aqui Jesus não está apenas fazendo uma pequena analogia interessante.

Ele está falando àqueles que não estão dispostos a entregar tudo, que não serão capazes de segui-lo em qualquer circunstância.

Jesus está dizendo que a dedicação morna e sem envolvimento total é inútil; que isso faz nossa alma adoecer. Ele está dizendo que esse tipo de sal “não serve [...] nem para adubo”.

Puxa! Será que você gostaria de ouvir o Filho de Deus dizer: “Você arruinaria o adubo”?

Quando o sal é mesmo salgado, ele ajuda o adubo a ser um bom fertilizante. Mas uma fé descomprometida e morna é absolutamente inútil. Não consegue nem beneficiar o adubo.

MiKe Wells ao longo de todo o seu livro Discipulado Celestial diz: “Não há nada que a presença de Jesus não cure.”

E de fato não há nada que a presença dEle não cure. Convide-o a tomar conta de toda sua vida, e experimente um Deus Vivo.

Todos somos seres humanos cheios de falhas, e ninguém está totalmente imune a estes comportamentos. No entanto há uma diferença entre vida baseada nessas características e a vida que está passando por um processo de transformação radical.

Por isso,agora eu quero te convidar a entrar na presença daquele que nos ama de uma forma louca, com um amor extravagante e confesse a sua mornidão, se aproxime do seu coração ardente e receba deste fogo que sai do coração do Pai. Porque o coração do Pai arde de amor por você.

Ele te quer por inteiro, por isso se você foi sincero e percebeu que tem sido morno, busque agora a Deus e algo novo será derramado sobre a sua vida hoje.

Este é o momento de você começar uma nova intimidade, esta é a hora de você tornar hoje o seu coração em solo fértil e sair daqui com o seu coração não só cheio mais transbordante.

Ele te ama. Se entregue sem reservas.

Carol Rocha – Líder da Geração Josué

Geração Josué

Equipe Web da Geração Josué

facebook twitter

3 comentários

  • Essa mensagem me tocou muito, me fez parar pra pensar em muitas coisas que eu poderia fazer e que deixo de fazer, as vezes por não ter vontade ou tempo, Deus quer muito mais de nós, não só em uma área ou por um momento, mas o tempo todo e em tudo.
    É muito bom rever as mensagens…

    Deus te abençoe Carol.

  • Deus levanta um novo exército para um novo tempo, tempos dificeis, mas para esse tempo somos chamados pelo nome, e que possamos ser sacrificio vivo em nome de Jesus Cristo! Louvo a Deus pela vida de todos vocês soldados de Deus. Aleluias

  • MARAVILHOSO ESSE BLOG MUITO CRISTÃO ESTÃO PRECISANDO DE UM CUTUCÃO DESSES PARA SE AUTOAVALIAR E CONFESSAR QUE ESTÁ MORNO E BUSCAR FICAR QUENTE E FERVOROSO NA PRESENÇA DE DEUS, COM CERTEZA A PARTIR DE HOJE JÁ VOU COMEÇAR A POR EM PRATICA A DICA, DEUS ABENÇOE A CADA UM E CONTINUE ABENÇOANDO VIDAS.

Deixe um comentário

Venha nos conhecer

Todos os sábados
Horário: 19h30 as 21h30

Endereço:
Rua Luís Paolieri, 346
Próximo ao clube ADPM
Pq São Quirino - Campinas/SP
Como chegar

Confira

Fique por dentro

Fique por dentro de todas novidades, eventos e notícias da Geração Daniel e Josué.
Saiba mais