Pare e Pense – Louco Amor – 1° sábado

29/04/2012   ||   Mensagens  ||  8 comentários


  • O que é seguir Jesus pra você?
  • Será que é apenas não fazer o que Deus odeia?
  • Qual a visão que você tem de Deus?

Vamos para palavra de Deus. A palavra nos mostrará a grandeza de Deus e vai ampliar a visão que você tem dele.

E isso muda tudo, sua maneira de viver, principalmente a maneira de você se relacionar com ele.

E a grande pergunta que faremos durante todos esses sábados é:

Se o amor de Deus é tão louco, tão incrível para enviar seu filho Jesus para morrer por mim, será que não devo responder com um louco amor assim também, no qual eu faria qualquer coisa por Ele?

Vamos então embarcar nessa jornada que nos leve a uma visão mais elevada de Deus e que causa uma resposta mais elevada a Ele.

Pare de Orar

A chamada para parar de orar pode parecer  uma expressão forte demais ou até herege para alguns, mas o fato é que por muitas e muitas vezes agimos como verdadeiros “tagarelas” ao falar com Deus. Falamos com Deus o tempo todo sobre os mais diversos assuntos e, por muitas vezes, não ouvimos a Ele ou sequer observamos aspectos maravilhosos de Sua criação e do seu caráter. A chamada Pare de Orar é justamente um convite para observamos estes aspectos da Criação e do Criador por alguns minutos, antes de nos achegarmos à Ele cheio de palavras. Somente observar os detalhes da criação e a perfeição do caráter de Deus gerará em nós um amor por Ele que jamais experimentamos.

A majestade de Deus na criação

Você já se sentiu insignificante ao ser confrontado com a majestade de Deus na criação?

Em como tudo é perfeito e rico em detalhes?

  • Você sabia que uma LAGARTA possui 228 músculos separados e distintos na cabeça? Dá pra acreditar nisso?
  • Um OLMO, árvore muito comum na Europa e na América do Norte, tem, em média, 6 milhões de folhas. Eu disse 6 milhões! Coitado de quem contou né…rs
  • E o CORAÇÃO humano, que ao bombear sangue para circular por todo o corpo, gera pressão suficiente para espirrar sangue a uma distância de até quase dez metros. (Nunca fiz esse teste, e também não recomendo ninguém a fazer).

Você já parou para pensar em como Deus é criativo e diversificado?

  • Você acha que Ele precisava criar tanta diversidade na FLORESTA AMAZÔNICA? Ele fez…
  • Já parou pra pensar na quantidade de tipos de RISADAS? Comece a lembrar agora dos diferentes sons de risadas de seus amigos — alguns deles chiam, outros roncam, riem em silêncio, fazem muito barulho ou produzem ruídos desagradáveis.
  • Que tal pensar em como as PLANTAS DESAFIAM A GRAVIDADE ao conduzir água de baixo para cima, a partir do solo, até chegar a seus troncos e ramos?
  • Você sabia que as ARANHAS produzem três tipos de seda? Quando elas tecem suas teias, fabricam quase vinte metros de seda em apenas uma hora. Ao mesmo tempo, produzem um óleo especial nas patas; ele evita que as aranhas fiquem grudadas na própria teia. (Quem não gosta de aranha? Mas quase vinte metros de seda por hora merece ou não merece respeito?)
  • Você sabia que, quando uma pessoa fica ARREPIADA de frio, o pêlo está, na verdade, ajudando o corpo a se manter aquecido, enganando o controle da temperatura corporal?
  • Já parou para pensar no simples fato de as PLANTAS absorverem DIÓXIDO DE CARBONO (que é prejudicial aos seres humanos) e produzirem OXIGÊNIO (do qual precisamos para sobreviver)?

Tenho certeza de que você já sabia disso, mas já parou para se maravilhar diante dessa realidade?

E essas mesmas plantas que ingerem veneno e produzem vida, são geradas a partir de sementes minúsculas que foram espalhadas pela terra. Algumas foram regadas, outras não. No entanto, depois de alguns dias, elas abriram passagem por dentro do solo até alcançar o calor dos raios de sol.

Concluindo…

Sejam quais forem as razões de Deus para tanta diversidade, criatividade e sofisticação no universo, na terra e até mesmo em nosso corpo, o objetivo de tudo isso é a glória do Senhor.

A criação fala a respeito de Deus, refletindo quem ele é e como ele é.

“Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Um dia fala disso a outro dia; uma noite o revela a outra noite. Sem discurso nem palavras, não se ouve a sua voz. Mas a sua voz ressoa por toda a terra, e as suas palavras, até os confins do mundo.” Salmos 19:1-4

E por isso que somos chamados a adorar o Senhor. Sua arte, a obra de suas mãos e sua criação, tudo ecoa a mesma verdade: Deus é glorioso. Não há nenhum outro como ele. E o Rei dos reis, o Início e o Fim, aquele que é, que foi e que há de vir.

Sei que você já ouviu isso antes, mas não quero que deixe essa verdade lhe escapar.

Adore, tenha uma reação a altura desse louco amor!

Amnésia Espiritual

Há uma epidemia de amnésia espiritual rondando por aí, e nenhum de nós está imune a ela.

  • Não importa quantos detalhes fascinantes tenhamos aprendido sobre a criação de Deus;
  • não importa quantas fotografias vejamos das galáxias que ele criou;
  • não importa quantos arco-iris venhamos a contemplar

— NÓS NOS ESQUECEREMOS.

A maioria de nós sabe que fomos criados para amar e temer a Deus; que devemos ler a nossa Bíblia e orar ao Senhor, pedindo para conhecê-lo melhor; que temos o dever de adorá-lo com nossa vida. Mas pôr essas coisas em prática é um grande desafio.

As vezes encontramos dificuldade para amar o Senhor. Não deveria ser fácil amar um Deus assim, tão maravilhoso?

Concorda comigo que quando amamos o Senhor por achar que temos de amá-lo, ao invés de amá-lo de maneira sincera, do fundo de nosso ser, significa que nos esquecemos de quem ele é?

Nossa amnésia está se manifestando mais uma vez.

A gente é programado para nos concentrarmos naquilo que não temos. Focamos naquilo que precisamos comprar e que vai deixar a gente mais feliz, mais bonitos ou trazer paz.

A gente se esquece que já temos tudo quanto precisamos nele.

Por não pensarmos com freqüência sobre a realidade de quem Deus é, temos muita facilidade de esquecer que o Senhor é digno de ser adorado e amado.

A.W. Tozer escreveu: “O que vem à nossa mente quando pensamos em Deus é a coisa mais importante no que diz respeito à nossa própria pessoa“

  • Se “a questão mais importante” que temos diante de nós é mesmo nossa concepção de Deus, como aprendemos a conhecê-lo?
  • A gente viu que ele é o Criador tanto da grandeza das galáxias quanto da complexidade das lagartas.
  • Mas como é esse Deus? Quais são suas características?
  • Quais são os atributos que o definem?
  • Como devemos temê-lo? Como falar com ele?

Aspectos do Caráter de Deus

1. Deus é santo

A santidade é uma qualidade central de Deus.

Declarar que Deus é santo equivale a dizer o seguinte: ele está separado. Ele é distinto, ele é único.

Para os judeus, dizer alguma coisa três vezes era uma maneira de demonstrar perfeição.

Por isso, quando Deus é chamado “Santo, Santo, Santo”, o objetivo é dizer que ele é perfeito, perfeitamente separado; nada ou ninguém pode ser comparado a ele.

E isso que significa ser “santo”.

Muitos autores cheios do Espírito Santo esgotaram o dicionário tentando descrever Deus com a glória que ele merece.

Sua santidade perfeita, então, as palavras não podem contê-lo. Não há descrição exagerada de Deus, ele é santo.

Fantástico é adorar sabendo disso não é?

2. Deus é Eterno

Salmos 102:12

Todas as coisas tem um início. O céu, os oceanos, os animais, o homem, a terra. Tudo te um início, com exceção de Deus! Ele é o único que sempre existiu, antes de qualquer coisa.

Entender que Deus é Eterno não é nada fácil para nós humanos, pois Deus está além de um corpo carnal. O Pr. Francis Chan dá um exemplo muito interessante para definir a natureza eterna de Deus e a nossa mente limitada. Vamos supor que nossa mente seja do tamanho de uma lata de refrigerante e que Deus seja do tamanho de todos os oceanos juntos. Seria estupidez da nossa parte dizer que Deus é do tamanho da nossa mente somente porque ela foi totalmente preenchida! Deus é muito mais que isso! Ele é Eterno!

3. Deus sabe de todas as coisas

Você não se sente intimidado diante desse pensamento?

Todo mundo aqui se quiser consegue enganar os outros a respeito de quem você é.

Mas é impossível fazer a mesma coisa com Deus.

  • Ele conhece cada pessoa de maneira profunda e específica.
  • Ele conhece nossos pensamentos antes mesmo que eles cheguem à mente, e nossas ações antes que as pratiquemos, seja o simples ato de deitar, de sentar ou de caminhar por aí.
  • Deus sabe quem somos e quais são as nossas tendências. Não podemos fugir da presença dele; mesmo que quiséssemos, não conseguiríamos.

No caso de Davi, o conhecimento de Deus o levava à adoração.

Ele encarava esse conhecimento como algo maravilhoso e muito significativo.

Ele escreveu, no salmo 139, que, mesmo em meio a trevas, não conseguiria se esconder de Deus; que até mesmo enquanto esteve no ventre de sua mãe, o Senhor estava ali com ele. Hebreus 4:13 diz: “Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas”.

Esse é o Deus que dedica tempo para conhecer todos os pequenos detalhes a respeito de cada pessoa. Ele não era obrigado a nos conhecer assim tão bem, mas foi essa a escolha que fez.

4. Deus é todo Poderoso

Apocalipse 19:6

Deus é Todo Poderoso, logo, nada é difícil para Ele. Ele é capaz de curar qualquer doença, de mudar a vida do mais desenganado pela sociedade, de mudar as famílias por mais desestruturadas que estejam, de fazer tudo que para nós seja impossível!

Deus é Tão Poderoso que o texto de Colossenses 1:16 diz que todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele. Ou seja, tudo foi criado para a glória de Deus!

É comum ouvirmos questionamentos ao Senhor do tipo: Se Deus é Todo Poderoso, se Ele realmente pode fazer todas as coisas, por que ele não acaba com a fome no mundo? Por que ele não estabelece a paz mundial? Ora, como diz o texto de Colossenses, se tudo foi criador por Deus e para Deus, não é claro que questionamentos como esses deveriam partir de Deus para nós e não de nós para Deus? Se Deus criou todas as coisas, com todos os recursos disponíveis para usufruirmos, como ainda existe fome se não por nós mesmos? Como é possível ainda existir guerra se não pelo nossa incapacidade de vivermos como irmãos? Estas são perguntas que devem ser respondidas para o Todo Poderoso e não pelo Todo Poderoso!

5. Deus é justo

Uma definição de justiça é: “Recompensa e/ou castigo em razão de merecimento”.

Se alguém nos perguntasse o que merecemos, acabaríamos com tantas respostas diferentes quanto as pessoas que respondessem.

Mas isso não depende de nós, principalmente porque ninguém é suficientemente bom. Deus é o único ser realmente bom. Deus é quem estabelece os padrões de bondade.

JUSTO: Imparcial, reto; íntegro; que respeita a justiça.

Este é o significado de justo que devemos entender, Deus é aquele que age debaixo da justiça.

Deus odeia o pecado, e quando falamos de justiça devemos entender que Deus julga(rá) a todos conforme seus atos, sem tirar nem pôr.

Mas Deus é bom, e para aqueles que mesmo sem merecer receberam a graça e a cruz, serão julgados conforme a graça, conforme o perdão. Porque Cristo no justificou, ele nos fez justos, ele nos justificou de todo pecado.

Mas aqueles que ignoram isso, aqueles que acham que podem justificar seus pecados, serão julgados conforme seus atos.

Deus não é como a gente, Ele nunca justifica o pecado. E ele é sempre coerente com essa ética. Ele age debaixo da justiça.

Deus “retribuirá a cada um conforme o seu procedimento”.

Diante do trono

Até agora, falamos sobre coisas que podemos ver com os próprios olhos — coisas que sabemos a respeito da criação e alguns dos atributos de Deus de acordo com aquilo que a Bíblia nos revela.

Mas Deus ultrapassa nossa compreensão.

Ele não pode ser explicado, não existem palavras no nosso vocabulário para o descreverem.

Não podemos assimilá-lo, muito menos compreendê-lo.

Mas em 2 momentos na palavra, vemos homens de Deus descrevendo a sala do trono.

Apocalipse 4

1 Depois dessas coisas olhei, e diante de mim estava uma porta aberta no céu. A voz que eu tinha ouvido no princípio, falando comigo como trombeta, disse: “Suba para cá, e lhe mostrarei o que deve acontecer depois dessas coisas”.

2 Imediatamente me vi tomado pelo Espírito, e diante de mim estava um trono no céu e nele estava assentado alguém.

3 Aquele que estava assentado era de aspecto semelhante a jaspe e sardônio. Um arco-íris, parecendo uma esmeralda, circundava o trono,

4 ao redor do qual estavam outros vinte e quatro tronos, e assentados neles havia vinte e quatro anciãos. Eles estavam vestidos de branco e na cabeça tinham coroas de ouro.

5 Do trono saíam relâmpagos, vozes e trovões. Diante dele estavam acesas sete lâmpadas de fogo, que são os sete espíritos de Deus.

6 E diante do trono havia algo parecido com um mar de vidro, claro como cristal. No centro, ao redor do trono, havia quatro seres viventes cobertos de olhos, tanto na frente como atrás.

7 O primeiro ser parecia um leão, o segundo parecia um boi, o terceiro tinha rosto como de homem, o quarto parecia uma águia em vôo.

8 Cada um deles tinha seis asas e era cheio de olhos, tanto ao redor como por baixo das asas. Dia e noite repetem sem cessar: “Santo, santo, santo é o Senhor, o Deus todo-poderoso, que era, que é e que há de vir”.

9 Toda vez que os seres viventes dão glória, honra e graças àquele que está assentado no trono e que vive para todo o sempre,

10 os vinte e quatro anciãos se prostram diante daquele que está assentado no trono e adoram aquele que vive para todo o sempre. Eles lançam as suas coroas diante do trono, e dizem:

11 “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas”.

  • João teve dificuldade para encontrar palavras terrenas que descrevessem o que estava vendo.
  • O apóstolo descreve o Ser sentado no trono comparando seu aspecto ao de duas pedras, “jaspe e sardônio”, e a área em torno do trono como um arco-íris “parecendo uma esmeralda”

Veja só, Deus, aquele que estava no trono, tem um aspecto mais parecido com o de pedras radiantes do que com carne e sangue.

Esse tipo de imagem poética e artística pode ser de difícil compreensão para aqueles que não pensam da mesma maneira.

Por isso, tente imaginar o mais extraordinário pôr-do-sol que já tenha visto.

  • Consegue se lembrar das cores radiantes espalhadas pelo céu e de como você parou para admirar aquele cenário?
  • E de como as palavras “puxa” e “lindo” pareciam insuficientes para descrever a cena?

Aí está um pouquinho do que João está falando, em Apocalipse 4, ao tentar expressar sua visão da sala do trono celestial.

  • O apóstolo descreve “relâmpagos” e “trovões” vindos do trono de Deus, um trono que não deve parecer com nenhum outro já visto.
  • Ele escreve que, diante do trono, estão colocadas sete lâmpadas de fogo e algo como um mar de vidro, cuja semelhança era a do cristal.

Usando palavras comuns, ele faz o melhor que pode para descrever um lugar celestial e um Deus santo.

O mais intrigante para mim é como João descreve aqueles que estão em volta do trono.

  • Primeiro, há 24 anciãos vestidos de branco e usando coroas de ouro.
  • Em seguida, o apóstolo relata a presença de quatro seres com olhos cobrindo todo o corpo e as seis asas que cada um possui. Um tem o rosto de um leão, o outro de um boi, o terceiro de um homem e o quarto de uma águia. Tento imaginar como seria se eu visse uma dessas criaturas no meio da floresta ou em uma praia. E bem provável que eu desmaiasse! Seria aterradora a visão de um ser com o rosto de um leão e coberto de olhos por todo o corpo.
  • Como se a visão de João já não fosse suficientemente estranha e extravagante, ele nos diz, em seguida, o que os seres estavam dizendo. Os 24 anciãos lançam suas coroas de ouro diante daquele que estava sentado sobre o trono, se prostram em sua presença e dizem: “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas”.
  • Ao mesmo tempo, as quatro criaturas não param (noite e dia) de dizer: “Santo, santo, santo é o Senhor, o Deus todo-poderoso, que era, que é e que há de vir”.

Tente se imaginar dentro daquela sala, cercado pelos anciãos declarando que Deus é digno de glória, honra e poder, e as criaturas afirmando que Deus é santo.

Este é Deus! Aquele que se importa conosco e que nos purifica da nossa iniquidade! Isso é amor!

Viva esse amor!

Geração Josué

Equipe Web da Geração Josué

facebook twitter

8 comentários

  • Obrigado pelo maravilhoso estudo, posso copiá-lo para ministrar ao meu rebanho?

    • Claro Pr. Wilson, inclusive indicamos muito o livro Louco Amor do Pr Francis Chan para leitura e trabalho com a igreja. Abraços!

  • É muito bom poder parar e pensar em tudo que Deus criou, relembrar de coisas que li na palavra e ouvi nas pregações. Realmente é muito difícil para a mente humana pensar na Grandeza de Deus e que Ele sempre existiu… Mas é maravilhoso saber que esse Deus Vivo nos ama.
    Vou continuar lendo as mensagens, e vou indicar para os meus amigos e familiares a leitura.

    Deus Abençoe. =)

    • Amém Fer! Continue nessa rota de busca intensa em conhecer mais a Deus! Esse é o caminho!

  • Me derramando em lágrimas.

  • Palavra maravilhosa, vi muitas coisas que eu não sabia. Obrigado ai!

  • Adorei a Palavra! Sou líder e pretendo passar está Palavra para as jovens que frequentam minha célula, amei! Que você venha a ser ainda mais usado por Deus pra levar a verdade aos necessitados! Que o Senhor o abençoe grandemente.

  • Vi meu nome logo me interessei rs ja vo faze parte desta geração em nome de Jesus….

Deixe um comentário

Venha nos conhecer

Todos os sábados
Horário: 19h30 as 21h30

Endereço:
Rua Luís Paolieri, 346
Próximo ao clube ADPM
Pq São Quirino - Campinas/SP
Como chegar

Confira

Fique por dentro

Fique por dentro de todas novidades, eventos e notícias da Geração Daniel e Josué.
Saiba mais